• Renato Martins

Descubra os graves absurdos do Rafael Neves


A nova geração de produtores que surgiu na virada do século, estão cada vez mais jovens. Com a facilidade de adquirir programas na internet, tutoriais de programas, contato com outros produtores e como bônus você ainda tem acesso a uma biblioteca sonora universal, imprimir seu pensamento num remix tem ficado cada vez mais fácil.


O produtor Rafael Neves, junto do parceiro Felipe Peres, ao invés de remixarem eles preferem desconstruir a música e moldar a sua maneira. O remix para música ‘Tá no Helipa” ganhou uma sonoridade sombria, com forte influência do dubstep e trap, somado a pesados drops. Esqueça a característica dançante que o baile funk tem. Nesse remix, a ideia do produtor é “BASS da melhor maneira possível”. Então, aperte os cintos.

Rafael vai lançar um remix em 2016 com o Funk na Caixa, é a marretada é certa.


Quem é o Rafael Neves?

Me chamo Rafael Neves, sou DJ e Produtor Musical – conhecido como Newlez – com foco principalmente na Bass Music, mas eu não me limito apenas a isso. Eu comecei a produzir porque surgiu uma vontade de compartilhar as músicas boas que eu achava, para quem apreciava aquele som, de mostrar o que gosto de ouvir à aqueles que vão gostar!


Conforme fui ‘explorando’ mais a cena eletrônica do Brasil, mais essa vontade crescia. Desses artistas que eu mostrava, recebi muitas influências e, conforme a coisa foi andando, essas influências passaram a fazer parte de minha roda de amizades. Uma delas, inclusive, é com o produtor Felipe Peres, com quem atualmente possuo um duo.


Como surgiu a ideia pro remix do “Tá no Helipa”?

Eu e o Peres já havíamos feito uma outra colaboração para o meu mais recente EP, ‘The New Order‘. Foi uma experiência foda, a harmonia e as ideias estavam sempre em sintonia. Daí acabou surgindo a vontade de nos unir novamente, para produzir outro Trap Funk, dessa vez para o MC 2K. A música ‘Ta No Helipa’ estava bombando na época, então pensamos “Por que não”?


Qual a ideia do projeto de vocês?

Deixa eu ver, vou tentar resumir: BASS da melhor maneira possível! Graves absurdo com Drops insanos. Decidimos que a vertente principal do projeto seria Trap, focando mais no HardTrap e Hybrid Trap. Ou seja, grave pesadão.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo